manchas marrons na pele

Cleo Pires fala sobre melasma: "Cuidados tornaram minha pele mais saudável"

Redação/RedeTV!

(Foto: reprodução/Instagram)

Cleo Pires usou suas redes sociais nesta quarta-feira (17) para falar como superou o problema do melasma, manchas mais escuras na pele e que evidenciam, em geral, alguma disfunção hormonal.

“Lembro quando descobri que tinha melasma, foi difícil pra mim. Uma menina que mal usava maquiagem e que gostava da praticidade em tudo. Mas aprendi mta coisa bacana e os cuidados que tive de implementar no meu dia a dia tornaram meus hábitos e minha pele muito mais saudáveis. Hoje eu tomo vários cuidados com a pele”, explicou na legenda de foto em que mostra em detalhes o problema no rosto.

Cleo falou pela primeira vez no assunto em setembro do ano passado, em seu site. Na ocasião, a atriz relatou como ficou ansiosa e assustada ao ter o diagnóstico. “Descobri que eu tinha melasma há uns três ou quatro anos. Eu lembro que fiquei desesperada”, contou a morena.

Agora, a filha de Gloria Pires convidou a Dra. Janaína Barboza, especialista em medicina ortomolecular, para explicar para suas leitoras um pouco mais sobre as indesejadas manchas que, segundo ela, são causadas por disfunção hormonal relativa à produção de progesterona. “A causa existe é conhecida e definida, você mede através de exames e você trata o melasma com progesterona bioidentica e ovulação”, detalhou.

A médica acrescentou que o uso do protetor solar e a interrupção da pílula anticoncepcional ajudam a evitar o aumento das manchas e complementam o tratamento contra a disfunção hormonal. “Não é recomendado tratamento domiciliar, estas manchas são profundas, originadas de algo maior, a deficiência de progesterona. Por isso deve ser tratada de dentro pra fora e não ao contrário”, alertou Dra. Janaína.

Veja também: Cleo Pires comenta foto nua: "Fiz para causar"

Recomendado para você


Comentários