TRACE TRENDS


Trace Trends

VOLTAR

Jogador do São Paulo, Danilo Tchê Tchê fala sobre o combate ao racismo

Na segunda edição comemorativa de aniversário de um ano do programa Trace Trends, os apresentadores AD Junior e Alberto Pereira Jr recebem os funkeiros Thiaguinho MT e JS o Mão de Ouro e conversam ainda com o jogador de futebol Danilo Tchê Tchê.

 

Nascido na zona leste de São Paulo, Danilo das Neves Pinheiro, mais conhecido como Tchê Tchê, decidiu jogar bola ainda criança, por incentivo do pai que o levava para testes em clubes. "Sempre sonhei em ser jogador de futebol. É o sonho de todo menino que vem da periferia e comigo não foi diferente", compartilha, dizendo que o apoio da família foi fundamental para que não desistisse da carreira no meio do caminho. 

 

Hoje, aos 28 anos, o meio-campista faz um balanço da carreira e recorda um momento marcante, quando disputou o Campeonato Paulista de 2016, pelo Audax, sendo eleito a revelação do torneio. "Depois desse Paulistão minha vida mudou completamente, foi uma virada de chave. Conquistei o [Campeonato] Brasileiro e ganhei prêmios individuais, o que é muito bom para carreira de um atleta", avalia ele, hoje jogando pelo São Paulo. 

 

Devido à notoriedade que o futebol te proporcionou, Danilo Tchê Tchê reconhece a importância de se posicionar em causas sociais. Ele afirma lutar por um mundo melhor para filho e as próximas gerações. "Antes de ser um atleta, um cara bem-sucedido como sou hoje graças a Deus, sofri muito racismo. Aquele moleque pretinho da quebrada está aqui dentro de mim e sempre vai estar. Não posso deixar de lutar na rua, é muito fácil eu ficar falando da minha casa, mas não demonstrar alguma atitude.", declara . O jogador, que além de incentivar o movimento antirracista, participou recentemente da manifestação na capital paulista após a morte de George Floyd nos Estados Unidos. "Faço de coração, é algo para ajudar os meus, o pessoal da minha raça".

Publicada: 11/11/2020

Comentários