Opinião no ar

VOLTAR

Rodrigo Constantino: STF precisa ser guardião da constituição do Brasil

Assista aos nossos novos vídeos no YouTube e inscreva-se no canal!

Ao comando do apresentador Luís Ernesto Lacombe, o Opinião No Ar desta quinta-feira (19) recebeu o economista, escritor e colunista Rodrigo Constantino, que criticou o Supremo Tribunal Federal (STF) e apontou que a função da entidade é ser "guardião do Brasil" e não um agente de pautas defendidas pela Organização das Nações Unidas (ONU).


"O STF [Supremo Tribunal Federal] que a Renata citou, ontem, na quarta-feira, estava divulgando que fechou um acordo com a agenda ONU [Organização das Nações Unidas] 2030 pra poder aplicar no Brasil essas políticas de Direitos Humanos e tudo mais. Vocês já mencionaram o grupo de Direitos Humanos da ONU que envolve Venezuela, Rússia, China, já teve Líbia, mas veja, a função do STF é ser guardião da constituição do Brasil, aquela de 88, que eu tenho várias críticas, mas é a que temos, não é ser um agente mobilizador das agendas da ONU para empurrar a história em uma certa direção como quer o Barroso [Luís Roberto]", opinou o jornalista.

Publicada: 19/11/2020

Comentários