COLUNISTAS
 »
   
CONEXÃO CHINA
Rodrigo Luis reside em Shenzhen desde 2005. O empresário é fluente em mandarim e detalha nesta coluna tudo o que envolve a vida de um brasileiro na China.
 
 
postado em 30/12/2019 13h14

China promete eliminar a pobreza nas áreas rurais até o fim de 2020

Presidente chinês colocou o projeto no topo da lista das principais tarefas para o próximo ano 


(Foto: Divulgação)

A quarta sessão plenária do 19º Comitê Central do Partido Comunista da China reafirmou a promessa do país em eliminar a pobreza nas áreas rurais até o fim de 2020. A China também pretende estabelecer um mecanismo de longo prazo para lidar com a pobreza relativa e atender à crescente demanda das pessoas por uma vida melhor.

O presidente Xi Jinping, que também é secretário geral do Comitê Central do Partido Comunista da China, colocou a redução da pobreza no topo da lista das principais tarefas pois o Partido prometeu construir uma sociedade moderadamente próspera em 2020. Isso significa que até o final do próximo ano a população rural deva ter a garantia de alimentos, roupas, moradia segura, educação obrigatória e atendimento médico básico.

Na visão de Xi, se a China rural - principalmente as pessoas em áreas pobres - for deixada para trás, uma sociedade moderadamente próspera não surgirá. Mais de 770 mil funcionários do governo, de universidades, de empresas estatais e associações civis trabalham em áreas rurais em todo o país.

O presidente propôs a ideia de alívio direcionado à pobreza pela primeira vez em novembro de 2013 quando fez uma visita de inspeção à vila de Shibadong na província de Hunan. Xi Jinping disse que são necessárias políticas direcionadas e personalizadas para ajudar diferentes tipos de pessoas e famílias.

Ao realizar o trabalho de alívio da pobreza, as autoridades centrais coordenam todo o programa e as províncias assumem grande responsabilidade, enquanto as cidades e municípios garantem a implementação de políticas.

A responsabilidade geral de liderar o trabalho cabe ao Partido e aos chefes de governo, de acordo com o plano de ação para aliviar a pobreza divulgado em conjunto pelo escritório geral do Comitê Central do Partido Comunista da China e pelo Conselho de Estado em 2016.

Liu Yongfu, diretor do Escritório do Grupo Líder de Alívio à Pobreza e Desenvolvimento do Conselho de Estado, disse em uma entrevista coletiva em setembro que 95% da população empobrecida deverá sair dessa situação no final deste ano.

“O sucesso no alívio direcionado à pobreza em Jiangxi reflete um milagre que a China criou para garantir a redução da pobreza em larga escala e alcançar um rápido crescimento econômico”, afirmou Liu Qi, secretário do Comitê Provincial de Jiangxi. “Isso demonstra plenamente a vantagem política da liderança do Partido Comunista da China, bem como a força do sistema socialista com características chinesas”, completou ele.
 

Comentários