Quinta, às 22h45

Sensacional

VOLTAR

Samara Felippo abre o coração à Dani Albuquerque

Assista aos nossos novos vídeos no YouTube e inscreva-se no canal!


Com os trabalhos pausados devido à pandemia do novo coronavírus, a atriz Samara Felippo passou os últimos quatro meses sem precisar pintar o cabelo e decidiu assumir os fios brancos. "Estou descobrindo uma nova Samara. Sempre rejeitei esses cabelos brancos e os tenho desde muito jovem. Pintei meu cabelo a vida inteira, então tem sido uma autoaceitação e empoderamento muito grande para aquela Samara que as pessoas acham que nunca vai deixar de ter 18 ou 20 anos", relata ela, hoje aos 41. "Fui muito vítima da ditadura da beleza, do corpo magro, do cabelo liso, da maquiagem e unha..."

Mãe das pequenas Alícia e Lara, de 11 e 7 anos, a atriz critica a romantização da maternidade e lamenta a maneira como vivenciou o período pré-parto de suas filhas. "Eu, Samara, tive duas cesáreas bem desnecessárias. Me culpei durante muitos anos por ter sido desinformada, por não ter ido atrás de apoio, por não ter ido atrás de outros profissionais que tivessem esse caminho para mim", recorda ela, enfatizando que cada mulher tem o direito de escolher qual parto lhe convém e que a cesárea pode salvar vidas quando realmente é preciso.

Samara desabafa ainda sobre sua depressão pós-parto. "Fui me reerguendo aos pouquinhos e elas [filhas] me ajudaram. Eu pensava: 'Vou continuar por elas, vou escolher minha felicidade por elas'".

 

Publicada: 06/08/2020

Comentários