Quinta, às 23h

Sensacional

VOLTAR

"Brasileiro não está preparado para porte de armas", crê Rachel Sheherazade

Daniela Albuquerque recebe Rachel Sheherazade no quadro Papo com Dani. A jornalista fala sobre a infância na Paraíba e sobre o ingresso no jornalismo. Sheherazade admite que já sofreu muito preconceito por ser nordestina, por ser mulher e por opinar, mas prefere não se esconder atrás de 'pseudo-fraquezas': "Sou mais forte do que o preconceito e do que o preconceituoso e o meu trabalho está aí para mostrar." Depois de viralizar com uma opinião sobre o Carnaval, ela recebeu um convite para trabalhar no SBT: "Eu achei que era um trote, você não acredita que é verdade que o Silvio Santos te viu, que o Silvio Santos gostou de você e que o Silvio Santos te quer na bancada do principal telejornal dele." Ela ainda elogia o parceiro de trabalho: "Carlos Nascimento sempre foi o meu ideal de âncora." A jornalista opinou sobre temas polêmicos. Ela defendeu a redução da maioridade penal para 14 anos, a manutenção da lei atual para o aborto, a revisão da Lei do Feminicídio e mudou de opinião sobre um tema que tem mobilizado a opinião pública: "Eu já defendi muito a liberação do porte de armas no Brasil, hoje eu não defendo mais. Eu acho que o brasileiro não está preparado para lidar com o risco, com a responsabilidade de ter o porte de armas." Por fim, Rachel Sheherazade contou um sonho ainda não realizado, o de ser uma correspondente internacional.

Publicada: 04/10/2018

Comentários