Hugh Hefner

Confira as 5 'coelhinhas' mais polêmicas que dividiram mansão com fundador da Playboy

Redação/RedeTV!

Foto: Divulgação/Playboy

Hugh Hefner, fundador da revista "Playboy" que morreu nesta quarta-feira (27) em sua casa nos Estados Unidos, colecionou mulheres e polêmicas em sua mansão. Localizada em Los Angeles, a casa era dividida pelo milionário americano e algumas das 'coelhinhas' da revista.

Relembre as 10 beldades mais polêmicas que dividiram mansão com fundador da Playboy:

Holly Madison

"Aprendi que Hef era um manipulador e que ele nos colocava umas contra as outras. Ele gostava de fazer esse joguinho de favoritas. De que outra forma ele conseguiria manter o controle sobre sete mulheres? Havia uma atmosfera de medo por ter tanta competição imposta entre as garotas. Uma vez ele me perguntou: 'Você quer um Quaalude [uma droga sedativa e hipnótica usada como tranquilizante para cavalos]?'", disse ela em seu livro de memórias "Down the Rabbit Hole".

Izabella St. James

"Todas as sextas pela manhã tínhamos que ir ao quarto de Hef perguntar pela nossa mesada: mil dólares contadinhos, em notas de cem dólares amassadas e tiradas de um cofre de uma de suas estantes. Odiávamos esse processo. Hef sempre usava a ocasião para trazer à tona coisas com as quais não estava feliz nos relacionamentos. A maioria das reclamações eram sobre desarmonia entre as namoradas, ou a nossa falta de participação durante as orgias que ele fazia no quarto dele. Se estivéssemos fora da cidade por qualquer razão, e tivéssemos perdido uma dessas festas, ele não nos dava o dinheiro. Ele usava isso como uma arma", afirmou ela em seu livro "Bunny Tales: Behind Closed Doors at the Playboy Mansion" ("Contos do Coelho: por trás das portas fechadas da mansão Playboy", em tradução literal).

Jill Ann Spaulding

"Graças a Deus que existe o Viagra. Ele quebra aquela barreira da idade, mas eu acredito que você ganha uma experiência ao longo dos anos que também ajuda. Não havia proteção [preservativos] ou exames médicos. Ele não liga", revelou a ex-namorada Jill Ann Spaulding no livro "Jill Ann: Upstairs" ("Jill Ann: no andar de cima", em tradução literal).

Crystal Harris

"Nunca vi Hef nu. Ele não tira a roupa para fazer relações sexuais. Não me sinto excitada com Hef, eu sinto muito. Posso dizer com honestidade: eu não era a única mulher na vida de Hef. E não me sentia confortável com isso, porque casamento é entre duas pessoas, e não era isso que estava acontecendo", disparou a ex-esposa de Hugh Hefner.

Kendra Wilkinson

"Quando marcava cerca de um minuto, eu saía e ia embora, estava feito. Era como um trabalho. Hora de começar e hora de acabar. Não era como se eu realmente gostasse de fazer sexo com ele", contou ela em seu livro "Sliding Into Home".

Veja também!

"Foi constrangedor", diz coelhinha sobre assédio sexual de sócio da Playboy

Recomendado para você


Comentários