EDITORIAS
 
Aplicativos para celular I CidadesI Ciência e SaúdeI Dá para acreditar?I EconomiaI EducaçãoI Meio ambienteI MundoI PolíticaI Tecnologia
-
     
03/12/2013 16h05 - Atualizado em 05/12/2013 18h56    
 

Mudança do sinal da RedeTV! nas parabólicas: como programar receptor Century

 
 
 
No dia 1º de dezembro a RedeTV! alterou a frequência do sinal enviado para as antenas parabólicas

Frequência: 3790 MHz na banda C do satélite C2 e 1360 MHz na banda L.
Largura de Banda (BW): 18MHz
Polarização: Vertical

Se você utiliza um receptor Century, siga os passos abaixo para configurá-lo:

- Desligue o receptor e ligue novamente digitando o código de acesso “99”. Aparecerão no display os caracteres “AJ“;

- Pressionando uma vez a tecla "AJUSTE" no controle remoto, aparecerão os caracteres “U_”
no display.

- Digite a nova freqüência da RedeTV! (3790 na banda C e 1360  na banda L);

- Pressione novamente a tecla“AJUSTE”. No controle remoto,  aparecerão os caracteres
“A_”;
 
- Depois de ajustada a imagem, pressione a tecla "STORE" para memorizar as
alterações.

 

PUBLICIDADE
Compartilhe:

» Enviar seu comentário » Ver todos os comentários
 
SUELY CRISTINA CAMINHA Y RODRIGUES 1 - Postado em 09/12/2013 20h04
Boa noite! Não consegui fazer a atualização, meu receptor é century mas antigo, só tem capacidade de 2 digito e no controle dele não tem a tecla ajuste, pois é UNIVERSAL. Como faço?
Envie seu comentário.

Obs: todos os campos são obrigatórios

Nome: *  
Email:  
Comentário: *


Obs: todos os campos são obrigatórios

Seu Nome: *  
Seu Email: *  
Para: *  
Email: *  
Comentário:
Viu algum erro nesta notícia? Comente.

Obs: todos os campos são obrigatórios

Seu Nome: *  
Seu Email: *  
Comentário: *


VÍDEOS
»
Leitura Dinâmica
Cavalo 'passeia' em carro na BR-116
 
PUBLICIDADE ANUNCIE
 
ENQUETE
Uma pesquisa recente mostrou que o Brasil superou os Estados Unidos como o país que mais realiza cirurgias plásticas no mundo, com 13% do total mundial. Você já se submeteu a algum procedimento cirúrgico?
 
AEROPORTOS
Fique informado sobre as condições dos principais aeroportos do país.
Fonte: Climatempo