EDITORIAS
 
Aplicativos para celular I CidadesI Ciência e SaúdeI Dá para acreditar?I EconomiaI EducaçãoI Meio ambienteI MundoI PolíticaI Tecnologia
-
     
23/04/2013 15h55 - Atualizado em 23/04/2013 16h38    
 

Dilma elogia caxirola e diz que é mais bonita que a vuvuzela

 
Reuters
 
 
Animada, a presidente chegou a ensaiar movimentos de percussão com a caxirola (Foto: Reuters)

A presidente Dilma Rousseff se divertiu nesta terça-feira (23) ao som da caxirola, instrumento criado pelo músico Carlinho Brown para animar os estádios da Copa do Mundo de 2014.

Animada, a presidente chegou a ensaiar movimentos de percussão com a caxirola, numa improvisada versão do hino nacional comandada por Brown, que também contou com a participação da ministra da Cultura, Marta Suplicy.

A caxirola, segundo Brown, permite várias formas de comemoração durantes as partidas, desde anunciar nomes de jogadores da seleção até a comemoração dos gols.

Dilma foi presenteada com um pingente dourado da caxirola, que usou durante a abertura da exposição "O Olhar de Ouve", que reúne pinturas e esculturas do cantor baiano no saguão do Palácio do Planalto.

"Eu acredito que a caxirola faz parte não só do futebol, mas da imensa capacidade do nosso país de fazer um instrumento muito mais bonito que a vuvuzela", disse a presidente em referência às cornetas usadas pelos torcedores na Copa da África do Sul, em 2010.

A caxirola já recebeu a chancela do Ministério do Esporte e fará parte da linha de produtos oficial da Fifa, segundo Brown.

Empolgada, Dilma chegou a dizer que a caxirola tem "um sentido transcendental".

"E eu tenho certeza que principalmente as crianças desse país vão ter uma experiência muito fantástica com a caxirola. O Carlinhos não disse, mas ele me falou que a caxirola também tem um sentido transcendental de cura, de enfim, de paz com o mundo, de estar de fato em sintonia com a natureza e com todos os orixás", discursou a presidente.

Reuters - Reuters Limited - todos os direitos reservados.
PUBLICIDADE
Compartilhe:
VÍDEOS
»
 
PUBLICIDADE ANUNCIE
 
ENQUETE
O Senado aprovou o projeto que volta a liberar a venda de inibidores de apetite para o consumidor. Você já fez uso desse tipo de remédio?