EDITORIAS
 
Aplicativos para celular I CidadesI Ciência e SaúdeI Dá para acreditar?I EconomiaI EducaçãoI Meio ambienteI MundoI PolíticaI Tecnologia
-
     
01/09/2011 07h19 - Atualizado em 01/09/2011 08h01    
 

Tangará da Serra (MT) cassa prefeito, vice e vereadores

 
Ricardo Valota/Agência Estado
 
 
O prefeiro Júlio Cesar Ladeia (PR) é um dos acusados de improbidade administrativa e irregularidades na Saúde do município (Foto: Agência Brasil)
A Câmara Municipal de Tangará da Serra (MT), no centro-oeste mato-grossense, cassou, na noite de quarta (31), os mandatos do prefeito Júlio Cesar Ladeia (PR), o vice, José Jaconias (PT), e os vereadores Celso Ferreira, Haroldo Lima, Paulinho Porfírio e Genilson Kezomae. O grupo é acusado de improbidade administrativa e irregularidades na Saúde do município, gerenciada durante meses por um instituto, investigado pela Polícia Federal. O órgão teve vários servidores presos.

Veja mais:
>>> Câmara cassa mandato do prefeito de Campinas

>>> Prefeito de 93 anos é cassado no Paraná

Os cassados podem recorrer para tentar reverter a decisão. Ladeia e Jaconias já estavam afastados dos cargos pela Justiça. O presidente da câmara, Miguel Romanhuk (DEM), havia assumido como prefeito interino. Segundo o Ministério Público, o prejuízo causado ao erário pode chegar a R$ 6 milhões.

Dados da Controladoria Geral da União (CGU) demonstram que o instituto se apropriou das taxas de administração, que representariam quase 100% da folha de pagamento da qual o instituto se propôs a gerenciar.

Agência Estado - todos os direitos reservados.
PUBLICIDADE
Compartilhe:
VÍDEOS
»
Leitura Dinâmica
Suçuarana invade empresa de ônibus em MG
 
PUBLICIDADE ANUNCIE
 
ENQUETE
O governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB) disse que pretende sancionar a lei que proíbe máscaras em protestos. Você concorda com a decisão?
 
AEROPORTOS
Fique informado sobre as condições dos principais aeroportos do país.
Fonte: Climatempo