Eleições 2018

Pesquisa XP/Ipespe: Bolsonaro chega a 26% e continua na liderança; com apoio de Lula, Haddad chega no 2º turno


Publicada:14/09/2018 10:32:00
Redação/RedeTV!


(Montagem/RedeTV!)

Pesquisa XP/Ipespe divulgada nesta sexta-feira (14) para presidente mostra o candidato Jair Bolsonaro (PSL) liderando com 26% das intenções no voto. Em levantamento anterior, o presidenciável tinha 23%.

Considerando a margem de erro de dois pontos percentuais, o segundo lugar mostra quatro candidatos empatados tecnicamente. Ciro Gomes (PDT) tem 12%; Fernando Haddad (PT) aparece com 10%; Geraldo Alckmin (PSDB) obtém 9% e Marina Silva (Rede) tem 8%.

Em um outro cenário, a pesquisa traz o nome de Fernando Haddad sendo apresentado como "o apoiado por Lula", visando mensurar uma eventual transferência de votos de Lula (preso no âmbito da Lava Jata e inelegível) para o atual candidato do PT. Bolsonaro, nesse caso, continua em primeiro lugar, mas com 23%. O petista aparece com grande alta e registra 16% das intenções de voto.

A pesquisa foi feita de 10 a 12 de setembro, por telefone. O grau de confiança é de 95,45% e a margem de erro é de 2,2 pontos percentuais. O levantamento está registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) pelo código BR-07277/2018.

Confira mais resultados:

Cenário 1 

Cenário 2 - com Fernando Haddad apoiado por Lula

Segundo turno segue em aberto

A pesquisa da XP Investimentos/Ipespe também apresentou cenários para o segundo turno da corrida presidencial. Ao todo, foram seis testes realizados.

Caso Geraldo Alckmin (PSDB) e Jair Bolsonaro (PSL) se enfrentem, o tucano lidera com 37% das intenções de voto ante 36% de seu rival. Isso significa que há umpate técnico entre os candidatos. Brancos, nulos e indecisos somam 26% das respostas.

Se Jair Bolsonaro e Marina Silva acontecer, outro empate técnico. O ex-capitão militar aparece com 36%, enquanto a candidata da REDE registra 37% das intenções de votos. 27% dos eleitores votariam branco, nulo ou não sabem responder.

Em um segundo turno entre Geraldo Alckmin e Ciro Gomes, há outro empate: ambos ficam com 35% das intenções de voto. Brancos, nulos e indecisos somam 31%.

Já em um cenário entre Jair Bolsonaro e Ciro Gomes, o presidenciável do PDT venceria com 40%, segundo a pesquisa. Bolsonaro, nesse caso, ficaria com 35%. 

Jair Bolsonaro somente lidera em um cenário no qual ele enfrenta Fernando Haddad. Mesmo registrando empate técnico, o militar lidera com 40% das intenções de voto ante os 38% do petista. 

O último cenário simula um segundo turno entre Geraldo Alckmin e Fernando Haddad. O presidencável pelo PSDB lidera com vantagem, obtendo 38% dos votos. O petista aparece somente com 26%. Brancos, nulos e indecisos somam 35%.

Comentários