Eleições 2018

Caso Lula não participe, PT quer cadeira vazia em primeiro debate eleitoral


Publicada:07/08/2018 11:43:00
Arthur Henrique - Redação RedeTV!

(Divulgação/PT)

Diante da negativa do TRF-4 à solicitação para que Lula possa participar do primeiro debate televisionado na quinta (9), o Partido dos Trabalhadores (PT) e o ex-presidente pediram nesta terça-feira que púlpito do candidato da sigla fique vazio durante o evento entre os candidatos.

"O princípio da igualdade de condições na disputa eleitoral garante que o ex-presidente Lula, como candidato, tenha os mesmos direitos que os seus adversários, inclusive na participação em debates e entrevistas", afirmou a assessoria de imprensa de Lula em sua página oficial. Segundo eles, a juíza Bianca Arenhart, responsável pelo despacho que proibiu a a participação do petista no primeiro encontro entre os candidato, "não julgou o mérito da matéria". O PT vai recorrer dessa decisão.

Essa não seria a primeira vez que um espaço destinado a Lula em debates seria deixado vago. Em 2006, o então presidente, candidato à reeleição, não compareceu a um dos debates eleitorais. Duramente criticado pela decisão na época, o petista afirmou que sua decisão de faltar ao evento devia-se à tentativa de evitar uma "arena de grosserias e agressões, em um jogo de cartas marcadas". Mesmo com sua ausência, os outros candidatos dirigiram perguntas a Lula em todos os blocos do programa.

Pedidos de entrevista com o ex-presidente e participação de Lula por videoconferência em atos da pré-campanha também estão negados pela Justiça. Em nota, o PT afirmou que o boicote é um "agravo judicial".

Comentários