Documento Verdade

Segunda, a 0h

Documento Verdade

VOLTAR

Travesti agredida no RJ lamenta falta de ajuda: "Ninguém interferiu"

O Brasil é o país onde mais travestis são assassinadas. Entre janeiro de 2008 e março de 2014, foram registradas 604 mortes. Taísa poderia ser mais uma. Ela foi covardemente espancada quando voltava de uma festa com a irmã Luciana. A jovem reclama que muitas pessoas assistiram à cena revoltante e não fizeram nada. É a mesma reclamação da agente social Laura Mendes, que antes de ter uma chance profissional fora da prostituição foi espancada nas ruas do Rio: "Ninguém fez nada, os carros paravam pra ver".

Publicada: 09/01/2017

Comentários