Documento Verdade

Sexta-feira, às 22h20

Documento Verdade

VOLTAR

Gari diz que matou a mulher porque ela tatuou o nome de outro na nádega

Cleane Rodrigues dos Santos cometeu um erro que custou sua vida. Depois de ser esfaqueada pelo marido, o gari Lucas Sebastião dos Santos, ela decidiu dar ao homem uma nova chance e retirou uma medida protetiva que possuía contra ele. O que ela não imaginava é que, depois disso, morreria enforcada. Lucas tentou justificar o crime: "Ela estava vivendo comigo e vivendo com outro cara." O gari afirmou: "Ela fez o nome do cara na bunda dela". 

Publicada: 09/03/2018

Comentários