13/04/2018 18:08:00 - Atualizado em 25/07/2018 16:49:00

Com qual idade o pênis para de crescer?

Thieny Molthini/RedeTV!

(Foto: Pexels)

Tamanho é documento? De acordo Alex Meller, urologista da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo), a média do pênis de um brasileiro é de 13,5 cm. Mas afinal: até quando o homem se desenvolve para que o seu pênis chegue nesse tamanho, ou não?

>>>> Felipe Neto confirma vídeo íntimo e faz piada no Twitter: "Mudei meus conceitos"

Segundo o especialista, o órgão genital masculino cresce até o final da puberdade, em geral entre os 15 e 18 anos. Nesse momento ele para de crescer tanto em comprimento quanto espessura. "Apenas melhora o enchimento do corpo cavernoso durante a fase sexualmente mais ativa", ressalta o especialista. 

Estrutura

De acordo com Alex Meller, o pênis não é um osso ou músculo, e é formado por corpos cavernosos e corpo esponjoso. "É quase uma esponja". explica ele. São dois tubos que parecem esponjas e um terceiro tubo que tem a uretra no meio. Esse último é envolto por uma cartilagem chamada túnica albuginea, que é similar à cartilagem dos joelhos. 

Mas se não é osso, como o pênis pode "quebrar"? Segundo o urologista, existe uma artéria que alimenta essas esponjas e quando ela enche o máximo possível, o tubo com essa cartilagem atinge a sua capacidade máxima de elasticidade e fica rígido. O que "quebra", quando há a fratura, é essa cartilagem. "Ela parece um osso e rompe igual ao ligamento do joelho. Se você estica demais, acaba rompendo", esclarece Meller.  

Métodos para aumentar o pênis

É preciso ter cuidado com os remédios e métodos que prometem aumentar o órgão genital. Os medicamentos, segundo o especialista, não funcionam, porque apenas tentar melhorar a vascularização. "Isso não aumenta o tamanho, apenas melhora a ereção", ressalta o urologista.

A cirurgia, por sua vez, não é tão eficaz quanto se pensa e é feita como um procedimento estético. "O tamanho não muda muito, o que altera mais é a exposição do pênis, principalmente na região da base, onde geralmente há o acúmulo de gordura, que é retirada", explica Alex Meller. 

No entanto, vale salientar que a Sociedade Brasileira de Urologia não recomenda este tipo de cirurgia pois os resultados são falhos e não há ainda evidências científicas de que funcione bem o procedimento.

Veja também!

Aposentado passa por operação após ficar com anel de aço preso no pênis

Recomendado para você

Comentários