Programação TV Fama Notícias Esportes Vídeos É Zueira
EDITORIAS
 
Automobilismo   I   Dá para acreditar?   I   Futebol Brasileiro   I   Futebol Internacional   I   Campeonato Paulista Sub-20   I   Copa 2014   I   Mais Esportes
NOTÍCIAS  redetviesportes
     
Data: 21/03/2012 21h57 - Atualizado em 21/03/2012 22h08    
 

Libertadores: Inter marca no fim e arranca empate com The Strongest

 
Felipe Mendes/Agência Estado
 
 
O Inter conseguiu marcou aos 43 minutos do segundo tempo e conseguiu o empate (Foto: Reuters)
O Internacional evitou a derrota para o The Strongest na noite desta quarta-feira ao arrancar o empate por 1 a 1, na altitude de La Paz, na Bolívia, aos 43 minutos do segundo tempo. Gilberto foi o salvador da equipe gaúcha, depois que os anfitriões abriram o placar aos 28 segundos da etapa final.

Com o resultado, o Inter corre o risco de perder a liderança do Grupo 1 da Copa Libertadores para o Santos. O time gaúcho soma agora os mesmos sete pontos do The Strongest, mas segue na ponta por ter uma pequena vantagem no saldo de gols. Contudo, poderá ser superado na tabela caso o Santos, com seis pontos, vença o Juan Aurich nesta quinta, no Pacaembu.

Veja mais:
>>>
Conheça os destaques dos principais times internacionais
>>> Veja a trajetória do Santos na busca pelo tetra da Libertadores
>>> Confira a trajetória do Flamengo na busca pelo bi da Libertadores
>>> Corinthians busca título inédito da Libertadores
>>> Com craques do título, Vasco busca o bi-campeonato da Libertadores
>>> Fluminense monta seleção para tentar título
>>> Inter na Libertadores: o caminho do tri

A partida desta quarta foi marcada pela ausência de Oscar, por decisão da Justiça. Uma decisão da 16ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região vetou o atleta do jogo ao restabelecer os vínculos desportivos do atleta com o São Paulo. O meia foi substituído de última hora por João Paulo na Bolívia.

O JOGO - Preocupado com a altitude de 3,6 mil metros de La Paz, o Inter começou o jogo mais cauteloso, em ritmo lento, enquanto o The Strongest tentava acelerar as jogadas. Melhor em campo no início, o time boliviano apostava nas finalizações de longa distância. Na melhor delas, Lima exigiu boa defesa de Muriel aos 27 minutos.

O Inter só equilibrou o jogo a partir da metade do primeiro tempo, quando começou a se soltar em campo, com uma postura mais objetiva. Desta forma, criou as duas melhores chances de gol da etapa inicial.

Aos 26, Leandro Damião recebeu passe de João Paulo, entrou na área, mas bateu fraco, facilitando a defesa de Vaca. O atacante voltou à carga aos 40, ao escorar cruzamento de cabeça, mandando no canto do goleiro. Vaca, porém, se esticou e fez grande defesa.

Mas o panorama do jogo mudou logo no início do segundo tempo. Aos 28 segundos, Pablo Escobar escapou pela esquerda e cruzou na área. Rodrigo Moledo e Kleber não conseguiram fazer o desvio e Rodrigo Ramallo só completou para as redes.

O gol deu novo ânimo ao Strongest, que passou a pressionar a defesa brasileira. Preocupado, o técnico Dorival Júnior resolveu fazer mudanças no time. Sacou Guiñazu, João Paulo e Dagoberto para as entradas de Bolatti, Gilberto e Jajá Coelho.

A alteração deu resultado. Minutos após entrar em campo, Gilberto recebeu passe dentro da pequena área e, após furar na primeira tentativa, acertou na segunda e garantiu o empate para o Internacional.

O time gaúcho volta a campo pela Libertadores no dia 4 de abril para novo duelo com o Santos, desta vez no Beira-Rio. O The Strongest vai enfrentar o Juan Aurich no dia seguinte, fora de casa.

FICHA TÉCNICA:

THE STRONGEST-BOL 1 x 1 INTERNACIONAL

THE STRONGEST-BOL - Daniel Vaca; Jair Torrico, Delio Ojeda, Luis Méndez e Gerson García; Alejandro Chumacero, Sacha Lima e Ernesto Cristaldo; Sebastián González (Melgar), Rodrigo Ramallo (Nelvin Soliz) e Pablo Escobar. Técnico: Uber Acosta.

INTERNACIONAL - Muriel; Nei, Rodrigo Moledo, Índio e Kleber; Guiñazu (Bolatti), Tinga, João Paulo (Jajá) e Dátolo; Dagoberto (Gilberto) e Leandro Damião. Técnico: Dorival Júnior.

GOLS - Rodrigo Ramallo, aos 28 segundos, Gilberto, aos 43 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Tinga, Sacha Lima, Luis Méndez

ÁRBITRO - Omar Ponce (Fifa-Equador).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Hernando Siles, em La Paz (Bolívia).

Agência Estado - todos os direitos reservados.
PUBLICIDADE
Compartilhe:
VÍDEOS
»
Os 10 mais vistos
 
PUBLICIDADE ANUNCIE