Blog

Corpo de estudante que teve coma alcoólico em festa é enterrado em MG

O corpo do estudante Humberto Moura Fonseca, que morreu no sábado (28), em Bauru (SP), após ter uma overdose alcoólica em uma festa universitária, foi sepultado em Passos (MG) na noite deste domingo (1º).

Testemunhas disseram que o jovem bebeu mais de 30 doses de vodca no evento, que reuniu mais de duas mil pessoas e começou no sábado.

Fonseca passou mal após participar de competições que incentivavam quem bebesse mais. Ele foi socorrido por estudantes, mas chegou morto ao pronto-socorro.

A Polícia Civil solicitou um exame toxicológico para comprovar se Fonseca não ingeriu outra substância.

O estudante cursava engenharia elétrica na Unesp. Outras cinco pessoas precisaram ser levadas para o pronto-socorro. Três continuam internadas em estado grave.

Prisão

Dois organizadores da festa foram presos na cidade do interior paulista. De acordo com a Polícia Civil, eles são estudantes do quarto ano de engenharia e poderão ser indiciados por homicídio com dolo eventual, quando se assume o risco de matar.

Segundo a PM, os organizadores não tinham alvará para o evento.

Policiais encontram dois corpos enterrados na zona leste de SP

Dois corpos parcialmente enterrados foram encontrados por policiais militares em um terreno na Rua Forte de São Bartolomeu, na região da Vila Prudente, zona leste da capital paulista, na noite deste domingo, 1.
Os policiais chegaram até local por volta das 19h55, após receberem uma denúncia anônima avisando sobre os corpos. Segundo a Polícia Militar, as vítimas eram do sexo masculino e uma delas foi achada já em estado de decomposição.

Como as vítimas foram achadas sem os documentos, os corpos ainda estão sem identificação. O caso foi registrado no 56º Distrito Policial (Vila Alpina) e as investigações devem contar com assessoramento do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Bandidos roubam 4 toneladas de carne do Ceasa em Porto Alegre

Bandidos roubaram 4 toneladas de carne de um frigorífico localizado dentro da Centrais de Abastecimento (Ceasa) em Porto Alegre, na madrugada desta segunda-feira, 2. Criminosos invadiram o local por volta das 4 horas, usando um acesso que fica em meio à vegetação e tem pouca visibilidade. Eles entraram na câmara fria, carregaram um caminhão com cerca de 4 toneladas de carne e saíram no início da manhã, em horário de movimento intenso. A Ceasa garante que a segurança está reforçada.

1